terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

21 de Fevereiro

Cada um de nós utiliza uma língua (ou mesmo duas) que aprendeu desde o berço. Talvez por ser assim, dá-se a essa língua a designação de língua materna, pois é a nossa língua-mãe, aquela que escutamos desde bebés, aquela que nos embalou com palavras, canções, lengalengas, rimas infantis...
Qualquer língua teve a sua origem e vai sofrendo constantes transformações. Recentemente, a Língua Portuguesa contou com várias alterações que ainda vão custando a aceitar por completo, mas havemos de chegar lá. Referimo-nos ao Acordo Ortográfico, que já remonta a 1994.
Ao longo dos tempos, muitos povos, no seu colectivo, e muitas pessoas, individualmente, ajudaram a enriquecer esse património que é a nossa língua materna: o Português.

No polivalente e na Biblioteca, decorre esta semana uma exposição de trabalhos para celebrar o Dia Internacional da Língua Materna. Vale a pena conhecer um pouco melhor a evolução da nossa língua. Vale a pena conhecer também algumas particularidades de outras línguas maternas de alguns dos nossos alunos provenientes de outros países (Ucrânia, Nepal, Bielorrússia, China, entre outros).
Esta actividade foi desenvolvida pelos alunos do 9.º ano nas aulas de Língua Portuguesa, de Educação Tecnológica e pelos alunos que frequentam as aulas de Português Língua Não Materna e contou com o apoio da Biblioteca Escolar.

Brevemente, publicaremos aqui no blogue algumas fotografias dos trabalhos expostos.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Livros